A 60 quilômetros da Capital Pernambucana, o povoado de Porto de Galinhas, no município de Ipojuca, abriga praias procuradas por brasileiros e estrangeiros que buscam cenários paradisíacos. A região é famosa pelas tranquilas piscinas naturais, barreiras de corais e diversidade marinha. A vila, onde estão concentradas lojas, restaurantes e hotéis, costuma ser o principal ponto de partida para conhecer praias do entorno, como Muro Alto, Maracaípe e Cupe.
A vila garante uma viagem tranquila e em contato com a natureza entre cenários paradisíacos. Além da areia branca e do mar cristalino, a região proporciona muita diversão como passeios de buggy e de jangada até os recifes de corais. A Praia de Porto de Galinhas é considerada uma das melhores do Brasil, a região é perfeita para aproveitar sol e mar, conhecer construções coloniais e provar a saborosa gastronomia pernambucana.

 

ONDE COMER?

saiba mais

O QUE FAZER?

saiba mais

ONDE COMPRAR?

saiba mais

As praias são o motivo de Porto de Galinhas fazer tanto sucesso, mas se engana quem acha essa é a única virtude do lugar. As praias são lindas, sim, e a gastronomia não fica para trás. Pernambuco é um dos grandes destaques nacionais quando o assunto é culinária; com Porto de Galinhas não poderia ser diferente!

A mistura de sabores e a variedade de pratos são os principais motivos de a cozinha local agradar tanta gente. Nos cardápios não faltam pratos típicos da cozinha sertaneja, além de peixes e frutos do mar, que têm a vantagem de estar fresquinhos. Porto de Galinhas dá espaço para diferentes gostos, oferece pratos refinados e simples, caros e baratos.

Logo no café da manhã é possível perceber as peculiaridades gastronômicas dessa parte do país. Em vários hotéis e pousadas a oferta vai muito além do habitual pãozinho com frios e frutas, incluindo pratos mais fortes, como carne seca, macaxeira, queijo coalho e tapioca.

No almoço e no jantar, são diversas as opções de bons restaurantes. Se quiser comer na beirinha da praia, não deixe de visitar o Peixe da Telha, com um cardápio enorme e cheio de alternativas. Para deixar um pouco de lado o clima casual, vá ao Domingo’s e curta o excelente atendimento, com direito a piano ao vivo.

BARCAXEIRA

No ambiente descontraído, com paredes coloridas e penduricalhos, são servidos oito sabores de escondidinho (ou macaxeira gratinada, como chamam aqui). Os campeões de pedido são os de carne-de-sol e de camarão.

BEIJUPIRÁ

Localizado na rua que carrega o mesmo nome, desde 1991, é um dos símbolos de Porto de Galinhas (repare no nome da rua, que homenageia o restaurante). As receitas de beijupirá (peixe) com molhos agridoces fazem a fama da casa, mas vale apostar em opções como o camarão com abacaxi e molho bechamel, servido dentro da fruta.

BIROSCA DA CACHAÇA

De quarta a sábado, um DJ toca de house a MPB; nos domingos, shows de pagode agitam a casa. O movimento começa por volta de 20h e vai até altas horas da noite. No cardápio, petiscos e 30 rótulos de cachaça.

CABIDELA DA NATÁLIA

Há 20 anos, Natália Melo segue a mesma fórmula no preparo da galinha à cabidela. Ela e o marido abatem as aves e usam o sangue como base para o molho (de sabor mais suave do que a receita leva a crer). O ensopado grosso e bem temperado vai à mesa com arroz, feijão-verde e farofa de abóbora.

CAFÉ DA MOEDA

Decorado com moedas e relógios antigos, tem um deque de madeira e mesinhas ao ar livre. Para acompanhar o espresso, prove uma tapioca ou a tortinha de frango com requeijão.

O clima descontraído de Porto de Galinhas favorece aqueles que não gostam de horário definido para comer. Muitos restaurantes não fazem pausa durante a tarde e permanecem abertos do almoço até o jantar.

Porto de Galinhas é um destino voltado para o mar e, se você pensa em conhecer o lugar, já prepare a roupa de banho. As águas mornas e cristalinas recheadas de piscinas naturais formadas pela baixa da maré são o destaque da região, que está no topo da lista dos destinos turísticos mais procurados do Brasil.

A programação dos viajantes é, normalmente, dedicada às praias e aos passeios. Se tiver pouco tempo e quiser conhecer o essencial, não deixe de caminhar a pé pela vila, fazer o passeio de jangada que leva às piscinas naturais e curtir um mergulho entre os peixinhos. Inclua, também, no roteiro, um passeio de buggy pelo litoral, que pode permitir um mergulho em Muro Alto e um passeio pelo Pontal de Maracaípe, onde se pode admirar os cavalos-marinhos.

Durante a viagem, se dê ao luxo de experimentar pequenos prazeres como uma caminhada na areia, sentar-se em praias de pouco movimento e curtir a brisa fresca que vem do mar. Se estiver num resort, com todo o conforto possível, entendemos a dificuldade de sair do lugar para explorar a região, mas não deixe de fazê-lo: Porto não se resume a hotéis.

Porto de Galinhas é conhecido pela beleza natural, mas a presença humana tem seu espaço por ali. Uma viagem ao vilarejo é ideal para comprar artesanato pernambucano, conhecer mais a fundo a cultura do estado e, claro, apreciar sua gastronomia. Quem quiser estender a noite encontra, ainda, lugares para dançar ou simplesmente embalar-se ao som de uma música ao vivo, com direito a um vinho.

Por toda a vila – em especial na Rua da Esperança – há lojinhas, barraquinhas e galerias que oferecem peças típicas confeccionadas pelos artesãos locais. Entre elas está o Ateliê do Carcará. Além das tradicionais galinhas de cerâmica há entalhes em madeira, pinturas em tecidos, quadros, redes, mantas, tapetes e bordados, além de cintos, bolsas e carteiras em palha. Instrumentos musicais como tambores de maracatu, pandeiros artesanais e flautas de bambu, também estão à venda. E guarde um espacinho para os deliciosos bolos de rolo!

Ficou interessado?

Preencha o formulário abaixo para que nosso consultor entre em contato.

Selecione os destinos de seu interesse:
 Orlando Punta Cana Salvador

Confira todos os destinos disponíveis